Juca e saga dos EPIs

Juca e Carlos são dois colegas de trabalho que divergem em uma coisa: enquanto um não se preocupa nem um pouco com a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), o outro está sempre o alertando da importância da utilização deles.

Um dia, as coisas mudam, quando Mortíria aparece para levar os dois colegas, em um possível descuido deles, por não estarem usando o material de segurança, fazendo com que Juca lembre de cada momento em que escapou de acidentes graves ou da morte por imprudência, deixando bem claro aos dois sobre a responsabilidade que cada um tem sobre as suas decisões na vida.

Com momentos de humor, reflexão e música, a peça reforça a importância do uso dos EPIs, sendo um ato de conscientização aos colaboradores para que pensem, não somente em si, mas em seus colegas, na empresa em que trabalham e na família que diariamente aguarda a sua volta para o lar.